De volta a casa?

Iniciado em 1979, o Rally Dakar tornou-se rápidamente na prova rainha do desporto automóvel.

Ao longo das 30 edições (em 2008 não se realizou), o percurso que os pilotos têm de cumprir tem sofrido várias alterações. No entanto, nunca uma alteração foi  tão contestada como a ocorrida depois dos acontecimentos de 2008. Depois de várias ameaças de atentados, algumas feitas pela Al-Qaeda, os organizadores viram-se obrigados a cancelar a prova desse ano, na edição seguinte a caravana do Dakar rumou à América do Sul e a mítica prova passou a ser realiazada entre o Chile e a Argentina.

Na prova de 2010 participaram 15 portugueses, 8 nos carros, 6 nas motos e 1 nos camiões. Carlos Sousa nos automóveis e Hélder Rodrigues nas motos foram os melhores portugueses da prova. Sousa, ao volante de um Mitsubishi Racing Lancer, alcançou o 6º lugar e Rodrigues quase alcançou o pódio nas motos mas ficou-se pelo 4º lugar.

Em 2011, segundo o jornal Público, a maior prova de Todo-o-terreno do Mundo, estará de volta a África. Segundo a mesma fonte, “o anúncio oficial será feito dia 15 de Fevereiro, mas já está praticamente tudo acordado para que a prova seja realizada na Tunísia e Líbia, estando a possibilidade de incluir o Egipto ainda em equação. Um contrato que terá a duração de dois anos.”

A confirmação desta notícia deixa a nossa capital bem longe do mapa da prova. A capital foi o local de arranque desta prova nos anos de 2006 e 2007.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s