Desporto português em grande destaque.

Hoje, Quinta-feira (14 de Abril), o desporto português viveu um momento histórico ao ver Braga, Benfica e Porto, a serem apurados para a meia-final da Liga Europa. Um feito único que projecta Portugal na cena internacional desportiva.

Contudo, a notícia de desporto em destaque, para mim é outra e passo a colocá-la aqui.

Frederico Gil vulgariza Monfils

 português Frederico Gil, atual 82.º jogador mundial, conseguiu quinta-feira, no Masters 1.000 de Monte Carlo, a melhor vitória da sua carreira profissional, ao derrotar o francês Gael Monfils, nos oitavos-de-final, em dois “sets”, com parciais de 7-6(6) e 6-2.

A atravessar um excelente período de forma, conforme já havia demonstrado nas duas rondas anteriores do torneio – onde afastou o ucraniano Sergy Stakhovsky (39.º do “ranking” mundial) e o alemão Florian Mayer (35.º) -, o português dominou o encontro de princípio a fim, chegando a vulgarizar, diversas vezes, o atual décimo jogador da hierarquia internacional.

Gil esteve sempre bastante seguro, ao ponto de não sofrer um único “break” durante um duelo que durou precisamente duas horas.

Pese o melhor ténis do lisboeta, o primeiro parcial só se decidiu no “tie-break”. E foi precisa muita paciência para o português saltar para a liderança, já que o triunfo no “set” inaugural só ficou selado após um duro desempate por 8-6.

Mas, quando se previa nova “batalha” intensa no segundo “set”, Gil surgiu fortíssimo e pura e simplesmente destruiu todas as hipóteses de Monfils recuperar.

O português começou logo por quebrar o serviço do gaulês e, de seguida, manteve a serenidade no seu serviço. O opositor ficou visivelmente incomodado e voltou a vacilar no seu saque. Num ápice, o marcador passou a assinalar 4-0 para Gil. A partir daí bastava gerir a vantagem, sem acelerar nada. Foi exatamente o que o tenista nacional fez, assinando, pelo meio, vários pontos de enorme qualidade.

Recorde-se que no embate anterior entre estes dois jogadores, este ano na segunda ronda do Open da Austrália, Gil perdera em quatro “sets” (4-6, 3-6, 6-1 e 2-6).

Esta é a 14.ª vitória de Gil frente a jogadores do “top-50”, mas a primeira face a alguém posicionado entre os 10 melhores do planeta.

Nos quartos-de-final, Gil irá medir forças com o britânico Andy Murray, número 4 do Mundo, que esta tarde bateu Gilles Simon, em dois sets, com duplo 6-3.

Fonte: Record

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s