Anonymous na lista da “Time” das 100 personalidades mais influentes

Grupo de piratas informáticos Anonymous foi incluído na lista anual da revista “Time das 100 personalidades mais influentes do mundo, na qual não constam portugueses.

O grupo de piratas informáticos Anonymous, cuja identidade dos líderes é desconhecida, é o grande destaque da lista das 100 personalidades mais influentes de 2012 , hoje divulgada pela revista norte-americana “Time”.   
 
Não há portugueses na lista, mas três brasileiros constam este ano entre os nomes: a Presidente da República Dilma Rousseff, a presidente-executiva da Petrobas Maria das Graças Silva Foster e o bilionário Eike Batista.
 
A lista da “Time”, composta por artistas, empresários, políticos e outras individualidades de renome, integra em 2012 um número recorde de 54 personalidades não norte-americanas, sublinhou a revista.   

“A natureza da influência mudou” 

“A natureza da influência mudou. Na época do Twitter [rede social], ela nunca foi tão fácil ou efémera”, explicou a “Time”. “É por isso que tentámos escolher pessoas cuja influência é durável e, com poucas exceções, louvável”, reforçou o título.  

Entre estas personalidades “não americanas” está a diretora-geral do Fundo Monetário Internacional (FMI), a francesa Christine Lagarde, por exemplo.       

Do mundo político destaca-se a presença do Presidente colombiano Juan Manuel Santos, do primeiro-ministro italiano Mario Monti, da chanceler alemã Angela Merkel, do Presidente dos Estados Unidos Barack Obama, da secretária de Estado norte-americana Hillary Clinton ou do chefe do Governo israelita Benjamin Netanyahu.

Lionel Messi é o único futebolista da lista

No universo desportivo, a revista elegeu o basquetebolista (da NBA) norte-americano originário de Taiwan Jeremy Lin, o tenista sérvio Novak Djokovic e o futebolista argentino Lionel Messi. Cristiano Ronaldo ficou novamente fora das escolhas, apesar de já ter figurado na lista em 2010.  
 
Entre os artistas, a “Time” também considerou a cantora britânica Adele, a cantora pop Rihanna e a atriz norte-americana Viola Davis, nomeada este ano para o Óscar de melhor interpretação feminina, como figuras influentes em 2012.  
 
Sharmeen Obaid-Chinoy, a realizadora paquistanesa que ganhou o Óscar para melhor documentário com um filme sobre os ataques com ácido contra mulheres, e a ativista egípcia Samira Ibrahim, que denunciou a realização de “testes de virgindade” impostos a manifestantes detidas, são outros dois nomes da lista.  
 
A estilista britânica Sarah Burton, que idealizou o vestido de noiva da duquesa de Cambridge Kate Middleton, também figura na lista. A própria Kate Middleton, mulher do príncipe herdeiro William, e a sua irmã, Pippa, foram igualmente destacadas pela revista norte-americana.

Criador do Facebook de fora

Na área da tecnologia, destaque para a inclusão de Tim Cook, que sucedeu a Steve Jobs na presidência da Apple. Pelo contrário, Mark Zuckerberg, criador do Facebook, não é incluído. Mas consta na lista o nome de Sheryl Sandberg, a diretora de operações da rede social mais famosa do mundo.
 
Esta lista anual, que não se assume como um ranking, é criada com base nas recomendações dos correspondentes da revista, durante um processo que dura vários meses.

Fonte: Expresso

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s