Pingo Doce, as compras ou a Greve? Ep.2

NOTÍCIA ACTUALIZADA 23:45

NOTA: As informações são opostas, não sendo, neste momento, possível confirmar a existência da referida campanha. Assim, o texto foi revisto, deixando neste momento em aberto a possibilidade da existência da campanha ou não. A campanha foi anunciada à cerca de 2 horas, na página do Facebook da marca, e já conta com centenas de “gostos”, partilhas e comentários. O anúncio já despertou algumas discussões, e não é possível confirmar a veracidade da informação da fonte.

Esta notícia revelou-se falsa, no entanto, mantenho aqui o texto, serve também como demonstração do poder das redes sociais, como alguém pode criar uma página falsa, no caso, no Facebook, e dar uma falsa notícia, criando assim problema ao verdadeiro detentor da marca, os prós e contras dos avanços tecnológicos.

——-

Pois é, ao que parece o Pingo Doce estará de volta à sua maior campanha promocional de sempre. Na compra de 100€ nos supermercados Pingo Doce, obtém um desconto imediato de 50%.

A primeira iniciativa do género teve lugar no dia 1 de Maio, e gerou muita confusão à porta das lojas Pingo Doce um pouco por todo o país. Em alguns casos a polícia foi mesmo chamada a intervir para repor a ordem. Algumas horas após o inicio da campanha havia já lojas completamente vazias.

As críticas também foram muitas levando a marca a gerir a situação com algum cuidado e, com alguns golpes de comunicação, conseguiu manter uma boa imagem junto dos consumidores. Mesmo a recente alteração nos pagamentos (que obriga que qualquer valor inferior a 20€ seja pago em numerário), após ter sido criticada foi explicada pelo Pingo Doce, desculpabilizando-se com as taxas aplicas às transacções com cartão.

O facto de a campanha se ter realizado no dia 1 de Maio, que à semelhança de amanhã, foi um dia de greve, fez disparar ainda mais as críticas, elevando-as ao sector político. Alguns tentaram ainda encostar o grupo detentor da marca pingo Doce, ao governo, pois a campanha não seria mais que uma manobra de diversão para afastar pessoas e atenções das manifestações contra o governo.

Apesar de tudo, e após ter sido apresentada uma queixa contra o Grupo Jerónimo Martins, o Pingo Doce acabou por ser multado em 30 mil euros.

2 comentários a “Pingo Doce, as compras ou a Greve? Ep.2”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s